Assistência Técnica

NOTÍCIA// SULPEÇAS





Notícia de: 18/11/2016

Com motor 2.4 Flex, Fiat Toro ganha fôlego

Notícia de: 18/11/2016
Depois de conquistar o título de picape do ano promovido pela revista AutoEsporte com júri formado por jornalistas especializados, a FCA lança a versão de entrada Freedom equipada com motor 2.4 TigerShark Multiair flex 16V. O nome é alusivo ao feroz Tubarão Tigre e também a um avião caça americano. A potência máxima é de 186cv com álcool e torque máximo de 24,9kgfm. Abastecida com gasolina a potência da Toro baixa para 174cv e torque para 23,5kgfm. A diferença é significativa.
O motor dispensa o tanquinho de partida a frio, tem sistema Start/Stop, que desliga o motor nas paradas, e religa tão logo o pedal do freio seja liberado. Há opção de modo esportivo, com tecla de acionamento no painel central em que as trocas de marchas são feitas em rotação mais alta.
O motor 2.4 flex é produzido no México, na fábrica de Saltillo, juntamente com os V8 Hemi 5.7 e Hellcat 6.2. Construído em alumínio para diminuir peso e facilitar troca de calor, os quatrro pistãos têm altura reduzida e pinos flutuantes, além de revestimento para reduzir atrito interno. O sistema MultiAir2, que varia o tempo e abertura das válvulas de admissão, foi projetado para otimizar a combustão. O eixo do comando de válvulas é acionado por corrente metálica, dispensando a correia dentada que exige troca.
EQUIPAMENTOS
A versão Freedom 2.4 flex tem além de todos os itens de série da 1.8 flex, a capota marítima, retrovisores com acionamento elétrico, brake light, luz de caçamba, sensor de pressão dos pneus, volante revestido em couro com teclas de áudio e borboletas para trocas de marchas, rodas aro 16 polegadas. Outra novidade a cor Branco Polar. Entre os opcionais, teto solar elétrico, barras longitudinais no teto, faróis de neblina, bancos revestidos parcialmente em couro, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, câmera de ré, central multimídia com tela de 5”, GPS, comandos de voz Bluetooth, áudio Streaming, entrada auxiliar, porta USB, MP3, rádio AM/FM, rodas de liga 6.5 x 17”, pneus de uso misto, airbags laterais dianteiros, de cortina e de joelho para motorista. A versão chega com preço sugerido de R$ 98.730.
IMPRESSÕES
A Toro 2.4 flex mantém as boas condições de dirigibilidade da gama, sendo bem mais agradável de dirigir do que a 1.8 flex pelo peso de mais de 1.700kg. Percebe-se a mudança radical tão logo o carro é colocado em movimento. O motor de alta cilindrada para apenas 4 cilindros, funciona redondo e sem vibrações graças aos eixos contra-rotantes. Exceção é apenas na quarta marcha entre 5.500 e 6.000rpm, quando se percebe ressonância vinda do conjunto motor/transmissão. Há também ligeiro retardo na troca de marchas. E engenharia sugeriu acionar a tecla Sport para minimizar esse desconforto. Porém, as trocas são feitas em rotação elevada. O problema diminui, mas persiste.
O câmbio de 9 marchas tem a partir da sexta marcha relações muito longas privilegiando o consumo. Por isso, o câmbio de 6 velocidades seria perfeitamente adequado. Parece mais jogada de marketing entre a montadora e a fornecedora do equipamento, a ZF. Isso porque na prática pouco muda, mas é inegável que ter na garagem uma caminhonete com 9 marchas dá muito mais status do que de seis velocidades.


Fonte: http://www.autossegredos.com.br/2016/11/04/com-motor-2-4-flex-fiat-toro-ganha-folego/




Com motor 2.4 Flex, Fiat Toro ganha fôlego






Deixe seus dados e aguarde o contato de um de nossos vendedores.